NFL Super Bowl LI: Atlanta Falcons - Análise do Elenco


por: Gustavo Zambrano


NFL Super Bowl LI: NFC Champions – Atlanta Falcons
 
 
A Caminhada até o Super Bowl
 
Na offseason, os Falcons não foram considerados como uma das equipes favoritas a chegar no Super Bowl, ficando atrás em sua própria divisão dos Carolina Panthers, que eram considerados grandes favoritos para ganhar a AFC East e até mesmo alcançarem uma nova aparição na final. Sem muitos holofotes, a equipe teve uma temporada sólida, terminando com o 2° melhor recorde da NFC e vencendo a divisão com tranquilidade. 
 
Garantindo mando de campo nos playoffs e uma folga na rodada de Wild Card, os Falcons venceram facilmente Seahawks e Packers e carimbaram sua vaga no 51° Super Bowl. 
 
Ataque
 
Quarterback
 
QB - Matt Ryan #2
 
 
Com uma temporada legitima de um MVP, Matt Ryan chega ao Super Bowl ostentando um rating de 117.1 e tendo lançado 38 touchdowns, sendo interceptado em apenas 1,3% dos snaps. Ryan é um dos melhores quarterbacks da liga no momento e jogará o Super Bowl pela primeira vez em nove temporadas na liga. Ryan liderou a liga em precisão em passes, completando 69,9% para uma média de 9,3yds por tentativa. Marca extremamente notável, considerando que Ryan é um quarterback bastante vertical e não se limita a passes curtos. 
 
Running Backs
 
RB - Devonta Freeman #24
 
 
Em sua terceira temporada, Freeman foi excelente e teve seu melhor anos na liga. O jogador é essencial para o ataque dos Falcons e teve média de 4,8yds por carregada, tendo superado as mil jardas terrestres na temporada. 
 
RB - Tevin Coleman #26
 
 
Coleman é um complemento para Freeman e pode atuar com mais consistência recebendo passes, Coleman também tem aparecido bastante na redzone, tendo anotado 8 touchdowns ao longo de suas 118 tentativas de corrida na temporada. 
 
FB - Patrick DiMarco #42
 
 
DiMarco teve uma recepção para 31 jardas na vitória sobre os Packers no Conference Championship e é um dos jogadores que podem aparecer como surpresa sendo alvos de Matt Ryan. DiMarco é um bloqueador talentoso, mas também se sai bem quando utilizado para receber passes. 
 
Linha Ofensiva
 
LT - Jake Matthews #70
 
 
Jake Matthews é um elo fraco da linha ofensiva dos Falcons, o jogador tem atuado muito pior do que na última temporada e é um problema permitindo pressões no lado cego de Matt Ryan. 
 
LG - Andy Levitre #67
 
 
Se Matthews não tem atuado bem, Andy Levitre compensa um pouco a produção do lefty tackle, sendo excelente na proteção ao passe e evitando que dois jogadores infiltrem pelo lado esquerdo de Ryan com frequência. 
 
C - Alex Mack #51
 
 
Veterano, Alex Mack foi uma grande adição para a linha ofensiva dos Falcons, o jogador é o destaque da unidade e um dos melhores centers abrindo espaço para o jogo terrestre, sendo de grande ajuda para os running backs da equipe. 
 
RG - Chris Chester #65
 
 
Chris Chester é outro problema desta linha, Chester permitiu 45 pressões sobre Matt Ryan durante a temporada regular e foi um right guard bastante abaixo da média durante quase toda a temporada. 
 
RT - Ryan Schraeder #73
 
 
Ryan Schraeder é forte e tem sido bom tanto na proteção ao quarterback quanto abrindo espaço para o jogo terrestre, ao lado do center Alex Mack, o jogador é destaque dessa linha ofensiva e ficará em um matchup com Chris Long no Super Bowl. 
 
Recebedores
 
WR - Julio Jones #11
 
 
Wide receiver mais dominante da temporada, Julio Jones poderia ser cotado para o prêmio de MVP se sua posição não fosse constantemente esquecida na votação. Jones anotou apenas seis touchdowns, mas teve raros drops e agarrou 64% das bolas lançadas em sua direção para um total de 1409 jardas, média de 17yds por recepção. Jones é o coração dos recebedores da equipe e frequentemente precisa ser marcado por dois defensores adversários, com o risco de produzir big plays caso a marcação sobre ele seja negligenciada. 
 
WR - Mohamed Sanu #12
 
 
Mohamed Sanu foi um bom #2 em um ataque que prioriza Julio Jones, Sanu tem sido importante também nos playoffs, vindo de uma ótima partida frente aos Green Bay Packers, onde fez 5 recepções e também teve uma carregada para 7 jardas. O jogador pode surgir um jogadas de trick play, onde alinha como quarterback, podendo carregar a bola ou até mesmo lançar, Sanu tentou cinco passes na carreira e converteu todos eles. 
 
WR - Taylor Gabriel #18
 
 
Gabriel já havia trabalhado com o coordenador kyle Shanahan em Cleveland e havia atuado bem, sob as ordens de Shanahan agora nos Falcons, Gabriel foi um bom slot-receiver e agarrou 71% dos passes lançados em sua direção, ganhando mais da metade de suas jardas após as recepções. Gabriel pode trabalhar em passes curtos, confiando em sua velocidade e também é um alvo para quando Ryan fica em situações de emergência, precisando se livrar rapidamente da bola. 
 
TE - Austin Hooper #81
 
 
Com Jacob Tamme perdendo boa parte da temporada por conta de uma lesão, o novato Austin Hooper ganhou a titularidade e foi bem nas raras vezes em que Matt Ryan resolveu aciona-lo. Hooper pode aparecer mais frequentemente no Super Bowk, já que provavelmente será marcado por um pouco consistente Patrick Chung, com Matt Ryan provavelmente olhando para punir o safety que também deve ser utilizado como ajuda na marcação a Julio Jones. 
 
TE - Levine Toilolo #80
 
 
2° tigh end da equipe, Toilolo é mais utilizado como um bloqueador, mas também pode ser um alvo para Matt Ryan se existir necessidade. Toilolo é um tigh-end forte, mas não corre boas rotas e raremente se coloca em boas posições para receber passes. 
 
Coordenador Ofensivo: Kyle Shanahan
 
 
Filho de Mike Shanahan, o coordenador fará seu último jogo com os Atlanta Falcons, assumindo a função de head coach dos San Francisco 49ers após a disputa do Super Bowl. Shanahan comandou o melhor ataque da liga nessa temporada, com os Falcons sendo a única equipe a postar média superior a 30 pontos por jogo. 
 
Defesa 
 
Linha Defensiva 
 
DE - Brooks Reed #50
 
 
Reed é pouco talentoso, ele é capaz de exercer alguma pressão sobre os quarterbacks adversários, mas o jogador é consistentemente batido no jogo terrestre, sendo um dos muitos defensores dos Falcons que não podem conter a corrida. 
 
DT - Jonathan Babineaux #95
 
 
Veterano de doze temporadas, Babineaux não é mais o jogador que foi e é incapaz de fazer pressão sobre os quarterbacks, além de também ser consistentemente vencido no jogo terrestre. 
 
DT - Grady Jarrett #97
 
 
Jarrett é quem tem jogado melhor na linha defensiva dos Falcons, mas mesmo ele não tem sido um jogador muito acima da média. Jarrett teve 25 tackles e três sacks na temporada regular, não conseguindo nenhum em suas duas partidas nos playoffs. 
 
DE - Tyson Jackson #94
 
 
Em uma posição onde se exige que o jogador seja acima da média pressionando quarterbacks, Jackson esteve entre os piores de sua posição nessa temporada. O veterano pouco fez esse ano e teve de longe a sua pior temporada na liga. 
 
Linebackers 
 
LB - Vic Beasley #44
 
 
Principal nome da defesa dos Falcons, Vic Beasley Jr. foi o pass-rush da equipe quase que sozinho, o jogador foi responsável por 45% dos sacks conseguidos pela equipe na temporada e é o único capaz de exercer pressão sobre os quarterbacks adversários de forma consistente. 
 
LB - Deion Jones #45
 
 
Novato, Jones fez uma boa temporada e ao lado de Vic Beasley um jogador que pode fazer diferença nesta unidade. Jones teve uma intercepção importante no Divisional Round frente aos Seattle Seahawks e é um excelente linebacker auxiliando na cobertura ao passe. 
 
LB - De'Vondre Campbell #59 
 
 
Um dos piores jogadores dessa defesa, Campbell é muito abaixo da média na contenção ao jogo terrestre e também nulo na pressão aos quarterbacks adversários. Novato, Campbell ao mens tem mostrado bons instintos na cobertura aos passes, mas seu terrível desempenho contra o jogo terrestre é um ônus muito grande para a defesa.  
 
Secundaria 
 
CB - Robert Alford #23
 
 
Alford se transformou no principal cornerback da equipe depois da lesão que afastou Desmond Trufant da temporada. O jogador é um tipo tudo ou nada na posição, sendo excelente criando turnovers e desviando passes, mas dando espaço para big plays e sendo um dos cornerbacks que mais cometem faltas na liga. 
 
CB - Jalen Collins #32
 
 
Collinss fez boas partidas no final da temporada e tem aparecido como uma surpresa na equipe. O jogador forçou um fumble na partida contra os Packers e teve dois passes desviados até agora nos playoffs. 
 
CB - Brian Poole #34
 
 
Brian Poole tem sido utilizado como cornerback de nickel no time e se destaca aparecendo como elemento surpresa atacando os quarterbacks, Poole porém, pode ser um dos maiores problemas do time nessa final, sendo designado para ficar em cima de Julian Edelman, que deve alinhar no slot e explorar a deficiência do jogador na cobertura de passes. 
 
S - Ricardo Allen #37
 
 
Com o front-seven sendo incapaz de conter o jogo terrestre, Allen teve mais trabalho do que o normal ficando como último homem para conter os running backs adversários. O jogador teve atuações medianas na temporada e possui problemas quando precisa ajudar na cobertura dos passes, com muitos touchdowns tendo sido lançados em sua área de cobertura. 
 
S -  Keanu Neal #22
 
 
Novato, Neal se mostrou melhor do que seu parceiro no último nível da defesa da equipe. O jogador mostra talento para forçar turnovers, tendo gerado cinco fumbles durante a temporada regular. Assim como seu parceiro no entanto, Neal é pouco talentoso na cobertura. 
 
Coordenador Defensivo: Richard Smith
 
 
Smith foi coordenador defensivo de equipes como Texans e Dolphins, mas vinha trabalhando como treinador de linebackers nos últimos anos. Ele assumiu a função a de coordenador defensivo dos Falcons em 2015, integrando a equipe do head coach Dan Quinn. 
 
Especialistas 
 
K - Matt Bryant #3
 
 
Aos 41 anos, Braynt foi um dos kickers mais confiáveis da liga, convertendo 91,9% de suas tentativas de field goal e indo 6-8 em chutes acima de 50yds. O kicker é um jogador de confiança da equipe e tem alcance e experiência suficiente para chutar field goals longos em momentos importantes de uma final. 
 
P - Matt Bosher #5
 
 
Assim como Bryant, Bosher é extremamente confiável em sua posição e esteve entre os melhores punters da liga nessa temporada. O jogador teve uma média de 46,8yds viajadas por punt e conseguiu colocar os adversários na linha de 20 ou menos jardas de seus próprios campos em 21 oportunidades, tendo tido apenas 1 touchback na temporada regular inteira. 
 
KR - Eric Weems #14
 
 
Weems é o principal encarregado em retornos na equipe tanto em kickoffs quanto em punts. O jogador não conseguiu touchdowns em retornos esse ano, mas teve marcas acima da média da liga, retornando 23yds em média por kickoff e 11,4yds em punts, sendo um membro importante e auxiliando o ataque conseguindo boas posições de campo com alguma frequência. 
 
Coordenador do Special Team: Keith Armstrong
 
 
Armstrong está nos Falcons desde 2008 e é coordenador de especialistas na liga desde a temporada de 1997, tendo passagens por Bears e Dolphins na carreira. Armstrong jamais participou de um Super Bowl. 
 
Head Coach: Dan Quinn
 
 
Coordenador defensivo dos Seahawks no último título da franquia, Dan Quinn assumiu os Falcons em 2015 e teve duas temporadas vitoriosas no time de Atlanta, os levando para o Super Bowl em seu segundo ano no cargo. Quinn disputou dois Super Bowls na carreira, perdendo o último para os New England Patriots.  
 
 



Casas de apostas

188BET

Bônus

R$400

Ganhar
Bet365

Bônus

R$200

Ganhar
Rivalo

Bônus

R$500

Ganhar
10Bet

Bônus

R$300

Ganhar
NetBet

Bônus

R$200

Ganhar
Betboro

Bônus

U$500

Ganhar



  • Futebol Americano

    NFL: Monday Night Football - Atlanta Falcons x Seattle Seahawks
  • Futebol Americano

    NFL: Linhas Projetadas - Semana 11
  • Futebol Americano

    NFL: Washington Redskins x New Orleans Saints
  • Futebol Americano

    NFL: México Game - New England Patriots x Oakland Raiders